Perguntas e Respostas sobre o Ensino da Matemática Inicial

Tempo de leitura: 4 minutos

Na LIVE da última quinta-feira, dia 20 de junho, respondemos algumas perguntas que vocês nos fizeram através do Instagram. Essas dúvidas eram todas a respeito do ensino da matemática inicial. Como as perguntas eram MUITO interessantes, resolvemos registrar aqui no nosso SITE!

Vamos lá?

Como ensinar matemática para crianças com deficiência intelectual?

Precisamos pensar sobre várias questões! Essa criança tem diagnóstico? Ou não? Nós somos seres humanos diferentes, então todas os alunos precisam de um olhar diferenciado. No caso das deficiências é ESSENCIAL rever o currículo, traçar novas metas, novos objetivos, adaptar atividades e usar muuuuuuito material concreto. Essas são dicas gerais! Dicas mais específicas precisam ser pensadas dependendo da criança e das suas necessidades. Daqui, do outro lado da tela, seria até uma irresponsabilidade minha dar alguma sugestão precisa, tendo em vista que eu não conheço a criança da qual estamos falando.

Como começar a mostrar o número para as crianças?

LETRAMENTO MATEMÁTICO! Leia mais aqui!

Na alfabetização, a matemática fica meio perdida diante das cobranças que os professores recebem. Como lidar?

A matemática é, sim, um pouco deixada de lado, principalmente durante os Anos Iniciais. Focamos em atividades de leitura, escrita, compreensão (que são MUITO importantes), e acabamos não dedicando o mesmo tempo e energia para explorar a matemática. Isso acontece pela cobrança para aprender a ler e escrever, mas também porque o professor se sente inseguro para ensinar matemática, deixando sempre “para quando sobra um tempinho” e priorizando procedimentos mecânicos e automáticos. Para sair desta “mesmice”, precisamos CONHECER a matemática, bem como os benefícios a curto e longo prazo de desenvolver habilidades aritméticas nas crianças.

Por que os alunos tem preguiça de pensar matematicamente?

Será que é preguiça mesmo? Será que eu, como professor, estimulo o meu aluno a pensar matematicamente? Trabalhar apenas com procedimentos mecânicos e automáticos, sem sentido, não é a maneira mais eficiente de ajudá-los a “pensar matematicamente”. Precisamos CONHECER os conceitos e os procedimentos matemáticos para explorar tudo o que os números têm a nos oferecer. Trabalhar com atividades que estimulem o senso numérico, as estratégias de contagem, o letramento matemático… além de diversas estratégias de resolução de cálculos, que não são somente os algoritmos tradicionais que conhecemos. Isso, sim, vai tirar a “preguiça” matemática dos nossos alunos.

Como ensinar adição e subtração com transportes (reserva/reagrupamento)?

Uma dica muito valiosa: usar material concreto que representa o nosso Sistema de Numeração Decimal, tais como o Material Dourado e o Ábaco. Ensinar somente a partir do cálculo armado pode não ser uma boa estratégia. As crianças precisam visualizar as trocas que acontecem, compreenderem o processo, para depois conseguirem fazer hipóteses mentais.

Como ensinar a dividir no 3º ano?

Não só “como ensinar a dividir”, mas para todos os conteúdos relacionados com cálculos, a regra de OURO é: COMECE PELOS PROBLEMAS MATEMÁTICOS. Parece doido? Quer saber por qual razão? Ahhhh, eu vou te contar no AULÃO de quinta, dia 27/06. Para saber mais, inscreva-se GRATUITAMENTE clicando AQUI!

Como ler e compreender problemas que não têm respostas óbvias?

A matemática é EXATA, mas há inúmeras formas de resolver. Os problemas sempre terão uma resposta certa, mas como o meu aluno fez para chegar no resultado é que pode ser diferente. Isso é bom! Nós, como professores, precisamos estar abertos para entender as diferentes estratégias que nossos alunos usam para resolver os problemas. Não precisamos exigir SEMPRE que eles resolvam do jeito que nós gostaríamos ou estávamos esperando.

Como ajudar as crianças na resolução de problemas?

Dicas importantes: fugir de palavras-chaves, utilizar situações do cotidiano e utilizar números que remetem à realidade! Por quê? Ahhhh, falaremos sobre isso no AULÃO também! Aproveita pra se inscrever no link!

Se você quer saber MAIS sobre esse assunto, te convido a assistir à LIVE completa nós gravamos! É só acessar este link!

Para fazer parte do MAP, o Matemática na Prática, clique aqui!

Gostou do conteúdo? Então curte e compartilha! 

Aproveita para seguir a Professora Clarissa nas redes sociais, pois através delas damos dicas diárias para deixar a tua prática em sala de aula mais leve e doce! 

Um Abraço,

Camila Oliveira

2 Comentários

  1. Avatar

    Olá! seus artigos são bem informativos, estou sempre acompanhando. Parabéns

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *