Matemática: o que ensinar para cada ano escolar?

Tempo de leitura: 5 minutos

Sem sombra de dúvidas, essa é uma das perguntas mais feitas para mim nas redes sociais da Clarissa: “posso ensinar tal conteúdo para tal ano?”. Muita gente espera que eu seja “direta e reta” e diga um curto “sim” ou “não”, mas a verdade é que esta não é uma resposta tão simples assim.

Um primeiro aspecto que me deixa pensativa é o fato desta pergunta ser tão recorrente – o que me leva a pensar que muitas escolas não possuem um currículo ou que estes não são discutidos e vistos pelas professoras. O cerne primordial deste questionamento é o currículo. Só saberemos “o que deve ser ensinado para tal ano escolar” se tivermos um documento por escrito, com habilidades e objetivos para serem desenvolvidos. Sem este importante “pedaço de papel”, fica mesmo muito difícil e ineficiente “inventar”, através da minha intuição docente, o que ensinar para àquela turma.

Posto isto, esta é a primeira atitude que devemos tomar: discutir o currículo escolar com os demais professores e coordenação. Se, infelizmente, a sua escola não possui este documento, um bom norteador para pensar “o quê” e “quando” ensinar, é a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Este é um documento nacional, de fácil acesso, onde é possível visualizar as habilidades e objetivos a serem desenvolvidos em cada ano escolar. Logicamente, este documento, por ser nacional, precisa ser olhado com sensibilidade, visando adaptações para os contextos e as necessidades educacionais de cada realidade.

De forma bruta e geral, faremos um breve resumo do que a BNCC fala a respeito da distribuição de conteúdos nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Para mais detalhes, acesse o documento e lembre-se: uma professora protagonista não faz “copia e cola” com estes objetivos; ela pensa na sua realidade e os adapta conforme a necessidade.

Objetos de conhecimento para serem desenvolvidos, segundo a BNCC:

1º ano

Números: contagem até 100, antecessor, sucessor, agrupamentos, comparações, leitura e escrita de numerais, composição e decomposição, cálculos de adição e problemas de adição e subtração.

Álgebra: padrões e sequências de figuras.

Geometria: localização no espaço e figuras geométricas.

Grandezas e medidas: tempo, comprimento, massa e sistema monetário.

Probabilidade e estatística: gráficos, tabelas, coleta e organização de informações.

 

2º ano

Números: contagem até 999, cálculos de adição e subtração, problemas de adição e subtração, problemas envolvendo o raciocínio multiplicativo de parcelas iguais (dobros, triplos, metade, terça parte).

Álgebra: padrões e sequências de figuras.

Geometria: localização no espaço, figuras geométricas, plantas simples.

Grandezas e medidas: tempo, comprimento, massa, sistema monetário, medidas convencionais e não-convencionais.

Probabilidade e estatística: gráficos, tabelas, coleta e organização de informações.

 

3º ano

Números: contagem até 9.999, cálculos de adição, subtração e multiplicação, problemas de adição, subtração e multiplicação, problemas envolvendo divisão, cálculo mental de adição e subtração.

Álgebra: igualdade e regularidade.

Geometria: localização no espaço, figuras planas, figuras espaciais e congruência de figuras.

Grandezas e medidas: tempo, comprimento, massa, sistema monetário, medidas convencionais e não-convencionais, comparação de áreas.

Probabilidade e estatística: gráficos, tabelas, coleta e organização de informações.

 

4º ano

Números: contagem até 99.999, cálculos e problemas de adição, subtração, multiplicação e divisão, introdução às frações e decimais.

Álgebra: múltiplos, divisores, relações entre operações, equivalências.

Geometria: localização no espaço, figuras espaciais, ângulos retos e não retos e simetria.

Grandezas e medidas: tempo, comprimento, massa, sistema monetário, medidas convencionais e não-convencionais, comparação de áreas e temperatura.

Probabilidade e estatística: gráficos, tabelas, coleta, organização de informações e análise de chances de eventos sem frações.

 

5º ano

Números: contagem até 999.999, cálculos e problemas de adição, subtração, multiplicação e divisão com frações, números racionais (leitura, escrita, composição, decomposição, identificação em reta numérica, ordenação, antecessor e sucessor), porcentagem e análise combinatória.

Álgebra: equivalências.

Geometria: localização no espaço, figuras espaciais, plano cartesiano, ampliação e redução de figuras em malhas quadriculadas.

Grandezas e medidas: tempo, comprimento, massa, sistema monetário, medidas convencionais e não-convencionais, comparação de áreas, temperatura, área, perímetro e volume.

Probabilidade e estatística: cálculo de probabilidade, evento amostral e coleta e registro de dados em gráficos e tabelas.

 

Vejam que muitos dos objetos de conhecimento se repetem. Isso acontece porque o ensino é hierárquico, não ensinamos tudo de uma vez, há uma progressão que faz sentido. Por exemplo, no 1º ano, o trabalho com sistema monetário envolve apenas a identificação das cédulas e moedas; já no 4º ano, vai envolver cálculos de juros, descontos, pagamentos, parcelas… Por isso, é tão importante que a escola se sente e discuta as metas para cada ano escolar.

Com um currículo bem elaborado em mãos, você nunca mais irá perguntar o que ensinar!

Se você ficou mais curiosa sobre este assunto, te sugiro assistir a esta live e conhecer o nosso curso MAP – Matemática na Prática, neste link. Se você é professora da Educação Infantil e também se interessa por currículo em matemática, clique aqui.

Gostou do conteúdo? Então, curte e compartilha!   

Siga @clarissapereirapedagoga nas redes sociais. Lá nós damos dicas todos os dias para deixar a sua prática de sala de aula mais leve e doce.

Espero ter te ajudado!

Grande abraço,

Professora Camila

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *