Processos da ALFABETIZAÇÃO

Tempo de leitura: 2 minutos

Começo este texto destacando, com propriedade, que a aprendizagem da escrita não ocorre de forma natural e espontânea. Pelo contrário, é preciso que o aprendente tenha consciência da representação do sistema de escrita do qual faz parte e isso ocorrerá se estiver inserido em um ensino alfabetizador. Portanto, deixo claro aqui que precisamos adotar procedimentos para que essa alfabetização ocorra. Isto é, nada mais nada menos, do que um método: um conjunto de procedimentos.

Passamos por um período na educação em que, em prol de pertinentes discussões teóricas, abandonamos os métodos. Assim, se há 20 anos atrás tínhamos métodos e nao tínhamos teoria, agora parece que temos teoria e não temos método. Não é?

O que temos visto hoje, podemos datar um período aproximado de 5 a 10 anos, é uma recuperação – em livros, artigos científicos, currículos das faculdades de Pedagogia – de procedimentos, técnicas: MÉTODO de como alfabetizar. E eu afirmo: é impossível alfabetizar sem método, achando que, naturalmente, as crianças irão se apropriar do sistema de escrita alfabética.

Também é impossível alfabetizar ignorando que estamos rodeados de uma cultura grafocêntrica (tendo a escrita por centro) em que eventos de letramento são parte intensa do nosso cotidiano. Por isso, um é complemento do outro. As crianças precisam aprender a escrever com técnica ao mesmo tempo em que compreendem as funções de significado da língua – por que escrevemos? onde escrevemos? o que compreendemos do que escrevemos?

Resumidamente – o que quero dizer é que não adianta apenas trabalharmos com textos e contextos, pensando que, assim, estaremos alfabetizando os alunos. Falamos muito em interesse e esquecemos do COMO. Como eles processam a escrita? Como eles aprendem a escrever? Como o cérebro aprende a escrever?

A alfabetização envolve alguns processos relacionados. Alguns deles são a consciência fonológica, o conhecimento das letras e o reconhecimento do uso social da escrita. Confira um vídeo sobre cada um destes três aspectos. ACOMPANHEM! Vamos alfabetizar com método!!!

 

#BAIXE AS ATIVIDADES DE CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA NESTE LINK: https://arquivos.clarissapereira.com.br/atividades-consciencia-fonologica

 

 

18 Comentários

  1. Avatar

    Gostei.Muita clareza.👏👏👏👏👏

    Responder
  2. Avatar

    Muito bomessa apredizagem é bem clara.Amei.

    Responder
  3. Avatar

    Oi Clarissa!
    Sensacional, estás me abrindo os horizontes. Obrigada!

    Responder
  4. Avatar

    Ana, que bom ler isso! Continue ligadinha nas redes e no site! 🙂

    Responder
  5. Avatar

    Oi Clarissa vi sua palestra no connaped e amei. Trabalho com criancas deficientes em fase de alfabetizacao e suas dicas estao me ajudando muito parabens

    Responder
  6. Avatar

    Oi Clarissa vi sua palestra no connaped e amei. Trabalho com criancas deficientes em fase de alfabetizacao e suas dicas estao me ajudando muito parabens

    Responder
  7. Avatar

    Gostei muito dos vídeos Clarissa! Me inscrevi mesmo tendo pouco tempo para acompanhar, por considerar sua forma de explicar muito clara e objetiva. Na prática faço uso “palavração”, que é o método adotado pela rede que trabalho, mas faço atrelado ao fonico e ao letramento. Seus vídeos com certeza me ajudaram a melhorar meu trabalho e tbm na produção da minha monografia, que tbm é sobre alfabetização. Obrigada! 🙏

    Responder
  8. Avatar

    Muito bons os vídeos. Especialmente o que trata sobre manejo da turma barulhenta. Trabalho com 4º ano e me identifiquei com várias partes do vídeo. Muito obrigada pela valiosa ajuda.

    Responder
  9. Avatar

    Bom dia!Estou na coordenação do 1°ao 5°ano, e tenho algumas dúvidas como alfabetizar, e qual o melhor método pra alfabetizar.

    Responder
  10. Avatar

    Boa noite, gosto muito de trabalhar produção de textos e principalmente a reescrita desses textos com meus alunos do primeiro ciclo de alfabetização. Gostaria de receber atividades, sugestões de teóricos que falam sobre esse tema. Estou preparando o meu projeto de mestrado nessa área.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *