Como criar um ambiente alfabetizador?

Tempo de leitura: 3 minutos

Início do ano chegando. Hora de pensar, planejar e confeccionar materiais novos para nossa nova sala de aula e turma. Pensando nisso, resolvi escrever algumas dicas pra te ajudar a construir um ambiente alfabetizador bem bacana, que estimule os seus alunos que iniciarão o processo de aquisição de leitura e de escrita.

Contudo, não podemos esquecer que encher a sala de estímulos não garante a alfabetização. A diferença está na nossa intencionalidade e planejamento. É preciso tornar esse ambiente “vivo”, renovar materiais, e aproveitá-los como recursos para as intervenções do dia a dia.

O que deve ter na minha sala de aula?

Alfabeto
* É a referência da criança para a escrita e a leitura;
* Em letra bastão (inicialmente) com imagens que fazem relação entre o grafema e o fonema;
* Alfabeto de bolso (ou concreto) – com objetos que podem ser manipulados.

Canto de Leitura
* Livros de vários gêneros diferentes;
* Fichas de leitura com textos curtos que as crianças já tem de memória, como poesias, parlendas, trava-línguas e palavras que reconhecem;
* Decoração bacana e aconchegante para ler, onde será realizada a hora do conto e onde as crianças têm prazer em estar;
* Lista de histórias que serão lidas durante a semana – os títulos não são colocados, necessariamente, na ordem que serão lidos. O ajudante do dia tem a função de riscar o nome da obra que foi lida. É um ótimo momento para fazer uma atividade coletiva de leitura com intervenções da professora.

Listas de Referência
* Listas que contêm palavras que as crianças já tem de memória. Por exemplo: lista de nomes dos alunos e palavras que estão sendo trabalhadas (banco de palavras).

Calendários
* Importante para construir os conceitos de ano, mês, semana, dias… Pode incluir o clima (como está o tempo hoje?).

Canto da Matemática
* Espaço para manipulação dos números, materiais de contagem, atividades de relações entre números e quantidades…

Canto do Dia a Dia
* Estimulação da motricidade: abrir e fechar zípers, amarrar cadarços, usar um conta-gotas, traçados, massinha de modelar…

Em todos os espaços e materiais, os alunos podem auxiliar na confecção, a fim de que se sintam pertencidas ao ambiente.

Trabalhando com nomes próprios

O trabalho com os nomes próprios é de SUMA importância durante o primeiro ano, já que os nomes são as primeiras referências de palavras que as crianças têm.

E por que essa estratégia é tão relevante?

* Apropriar-se da escrita do seu nome;
* Ampliar o repertório de letras;
* Identificar e grafar o nome dos colegas;
* Mostrar interesse pela leitura e pela escrita;
* Copiar;
* Comparar os sons e os grafemas;
* Refletir sobre a escrita;
* Utilizar-se de modelos para escrita de novas palavras.

Como podemos trabalhar com nomes próprios?

* Bingo de nomes;
* Identificação de materiais pessoais (cadernos, lápis…);
* Formação de grupos (fichas com nomes em cima das mesas e cada um procura o seu);
* Produção de agenda telefônica;
* Quadros com os aniversariantes;
* Rodas de chamada;
* Trabalho com fotos dos colegas, fazendo a relação com os nomes;
* Recorte letras de jornais e revistas, montando os nomes;
* Contagem de número de letras;
* Associação letras iniciais dos nomes com letras iniciais de outros objetos (Ex: Marina / Mesa);
* Todas as atividades de alfabetização que costumamos fazer com outras palavras, podem ser adaptadas para serem usadas com os nomes próprios da turma.

Se você quer ainda mais dicas, assista esse vídeo no YouTube, onde dou várias ideias para professores iniciantes (inclusive sobre o ambiente alfabetizador!).

Gostou do conteúdo? Então curte e compartilha! 

Aproveita para me seguir nas redes sociais, pois através delas eu dou dicas diárias para deixar a tua prática em sala de aula mais leve e doce! 

Um Abraço, 

Professora Clarissa Pereira

9 Comentários

  1. Avatar

    Muito legal! Gostei das dicas.
    Sou pedagoga tbm. Amo a alfabetização.
    Grande abraço 💕

    Responder
  2. Avatar

    Adorei as sugestões, estou compartilhando e com certeza estarei tematizando.

    Responder
  3. Avatar

    Boa noite! Podemos também criar um ambiente alfabetizador para o segmento do pré II?

    Responder
  4. Avatar

    Parabéns Clarisse, estou amando seus videos e seu blog. Trouxe muitas ideias novas para a minha sala de aula!

    Responder
  5. Avatar

    Adorei as dicas! Agora, colocá-las em prática!
    Obrigada e parabéns!

    Responder
  6. Avatar

    Gostei muito do artigo sobre Contagem. Sempre trabalho com está relação de número e quantidades, utilizo materiais recicláveis com tampinhas e palitos de picolé. Muito obrigada!

    Responder
  7. Avatar

    Gostei muito do artigo sobre Contagem. Sempre trabalho com está relação de número e quantidades, utilizo materiais recicláveis com tampinhas e palitos de picolé. Muito obrigada!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *