A importância da contagem para o desenvolvimento matemático

Tempo de leitura: 3 minutos

Muito facilmente vemos pais, dindos, avós e até professores “exibindo” crianças bem novas através da fala: “Mostra que você já sabe contar!”. Às vezes, o adulto dá início à contagem e a criança continua. Existem várias maneiras. Mas será que este infante, de dois aninhos, está mesmo contando? Possivelmente não.

O que crianças desta idade fazem é decorar uma sequência de palavras. Mas isso não significa que ela está apropriada da contagem. Pensando no contexto de sala de aula, para avaliarmos se o nosso aluno domina esta habilidade, é preciso considerarmos se ele consolidou os Cinco Princípios da Contagem. Já está muito mais do que provado, através de inúmeros estudos científicos, que o domínio desses princípios é um fator DETERMINANTE para o sucesso da aprendizagem matemática.

Quais são o Cinco Princípios da Contagem?

* Correspondência termo a termo: significa que cada objeto pode ser contado somente uma vez. Os alunos que consolidaram esse princípio, não pulam objetos e nem contam o mesmo mais de uma vez;

* Ordem estável: a ordem da contagem é sempre a mesma, não muda. Começamos sempre pelo um, depois dois, três, quatro… Crianças que contam um objeto por vez, mas pulam o número (do vinte e um vai para o vinte e três, por exemplo, esquecendo-se do vinte e dois), podem não ter consolidado este princípio;

* Cardinalidade: significa que o último número de uma contagem indica o total daquele conjunto (se o último que contei foi o oito, então tenho oito objetos);

* Irrelevância da ordem: a ordem da contagem não modifica o valor final. Isso significa que eu posso contar da direita para esquerda, da esquerda para a direita, de cima para baixo, do meio para as pontas… e o total daquele conjunto será sempre o mesmo;

* Abstração: significa que objetos de qualquer natureza podem ser contados, não apenas números.

Normalmente, esses princípios são desenvolvidos por volta dos 5 ou 6 anos, sendo que a irrelevância da ordem e a abstração podem se consolidar mais tardiamente.

Como promover o desenvolvimento dos Princípios de Contagem em sala de aula?

Quando trabalhamos com o desenvolvimento da contagem, temos que ter em mente que precisamos de OBJETIVO e INTENCIONALIDADE. Se for algo “puramente natural”, pode não passar de uma contagem decorada. Para desenvolver os Princípios, é necessário ensino EXPLÍCITO. Vamos então para atividades práticas?

* Contagem de objetos enfileirados;
* Contagem dos mesmos objetos, mas dispostos de modo diferente (perguntar se o total mudou);
* Contagem dos mesmos objetos em direções diferentes (dar-se conta que o valor final é sempre o mesmo);
* Tiramos ou acrescentamos um e perguntamos “quantos tem agora? Será preciso recontar tudo novamente?”;
* Ensinamos que não precisa contar desde o início, que podem contar de onde pararam (“a partir de…”);
* Dar objetos enumerados e pedir que as crianças coloquem na ordem correta;
* Tirar um número da sequência e pedir que coloque no lugar certo;
* Jogar jogos se trilhas, jogos de varetas (objetos não numerados que podem ser contados e terem valores diferentes, como no caso das varetas, onde cada cor remete a um valor).

Gostou do conteúdo? Então curte e compartilha! 

Aproveita para seguir a Professora Clarissa nas redes sociais, pois através delas damos dicas diárias para deixar a tua prática em sala de aula mais leve e doce! 

Um Abraço,

Camila Oliveira

14 Comentários

  1. Avatar

    Como sempre, sou muito grata por seus ensinamentos, dicas, e principalmente por partilhar seus saberes com todos da área de educação. Esperando ansiossicima na lista de espera pela vaga do (CAP)

    Responder
  2. Avatar

    Gostei muito deste artigo por enumerar esses princípios da contagem. Princípios que trabalhamos em sala de aula por experiência, mas gostei destes estarem confirmando meu trabalho e indicado pontos a melhorar com intencionalidade.

    Responder
  3. Avatar

    Entrei na area de pedagogia para estudar e aprender maneiras e práticas de ensino para ajudar minha filha que tem dificuldades na aprendizagem. Descobri que fui ensinada /ou nao …. tem sido gratificante acompanhar e aprender com suas aulas .obgda por nos ajudar. Os pais também agradecem.

    Responder
  4. Avatar

    Bom dia
    muito grata por você esta compartilhando seu conhecimento conosco,muito obrigada mesmo por esse material é excelente.

    Responder
  5. Avatar

    Clarissa, obrigada por estar sempre compartilhando os seus ensinamentos conosco. São de grande valia. Quando ao conteúdo como contar …. Sensacional. Um grande abraço.

    Responder
  6. Avatar

    Eu aprendo muito com você e adoro suas aulas e dicas.😘😘😍

    Responder
  7. Avatar

    Estou aprendendo muito com você e tento aplicar o máximo possível em sala. Fico feliz que você divida todos esses conhecimento conosco. Meu muito obrigada.

    Responder
  8. Avatar

    Estou aprendendo muito com você e tento aplicar o máximo possível. Fico feliz que você divida todos esses conhecimentos conosco. Meu muito obrigada.

    Responder
  9. Avatar

    Obrigada! Gostei muito do post! Sou nova na área da Educação, e suas dicas me ajuda muito! Pois amo essa área da alfabetização, e seus saberes me ajuda muitíssimo!😘

    Responder
  10. Avatar

    Então seus ensinamento me faz aprimorar o meu ensinamento as trocas são de grande importância na nossa área,pois estamos em constante aprendizado e a sua pratica pedagogia vem sempre a somar.Minha pratica condiz com a sua adoro alfabetizar…bjs!!

    Responder
  11. Avatar

    Material muito bom para ajudar nas aulas de matemática,sou grata por vc passar seu aprendizado a todos nós educadores.Amobo q faço e ensino por amor . Espero estar participando e recebendo sempre informações pois nessa caminhada educacional devemos sempre procurar nos atualizar e vencer barreiras no ensino infantil e fundamental 👏👏👏

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *