30 Materiais para ensinar Matemática

Tempo de leitura: 5 minutos

Com frequência nós falamos sobre a importância dos materiais concretos para o ensino da matemática. Estes materiais podem ser tanto os estruturados, para intervenções em habilidades de domínio específico da matemática, como recursos confeccionados (pela professora e pelos alunos) com o intuito de realizar intervenções potentes nesta área do ensino/aprendizagem. 

Os materiais concretos são fundamentais porque possibilitam a visualização e manipulação, que proporcionam vivência, experiência e ludiciadade. Além disso, o recurso possibilita a criação de referências (o quilo, o metro, o litro…), auxiliando para uma posterior generalização de informações. 

Que materiais, então, são importantes de ter em sala de aula, a fim de potencializar a aprendizagem dos alunos? 

Tudo vai depender da sua INTENCIONALIDADE! Que objetivo você deseja atingir com seus alunos? É a partir deste pensamento que você irá refletir sobre o recurso que deve ser usado! Além do objetivo a ser atingido, deve-se considerar a faixa etária e o desenvolvimento das crianças, pensando em um material que seja adequado para o seu contexto. 

Lembre-se que os materiais que serão listados aqui não são todos necessários adquirir. O maior e melhor recurso que existe na sala de aula é a boa intervenção do professor! 

 

Materiais estruturados para trabalhar matemática: 

  1. Material Dourado: meu preferido, sem sombra de dúvidas! Perfeito para trabalhar com Sistema de Numeração Decimal, valor posicional e quatro operações. Para ideias de como trabalhar com este material, clique aqui! 

2. Ábaco: temos uma live onde falamos só sobre o ábaco. É um material estruturado que pode ser usado com a mesma função do material dourado. 

3. Escala Cuisenaire: este é um recurso pouco conhecido, mas muito bacana para intervir em composições aditivas, comparações e magnitudes, estimulando a flexibilidade cognitiva. Conheça aqui este material! 

4. Geoplano: perfeito para trabalhar com geometria, perímetro, área e até mesmo tabuada!

5.Fichas escalonadas: ideal para compor e decompor números. Baixe o arquivo gratuitamente clicando neste link!

6. Tabela de Pitágoras: é um recurso bem simples que vai auxiliar os seus alunos a memorizarem a tabuada. Baixe aqui uma tabela para você!

7. Quadro numérico: trata-se de um quadro com os números organizados em uma espécie de tabela, que vai do 0 ao 9 (ou do 1 ao 10). 

8. Quadro Valor Lugar: este quadro ajuda na aprendizagem do valor posicional dos números. Trata-se de um quadro dividido em unidades, dezenas, centenas, unidade de milhar, dezena de milhar, centena de milhar… Até a ordem que estiver sendo trabalhada com a sua turma. 

 

Materiais não estruturados: 

9. Cartazes com números e quantidades: cartazes são importantes na sala – considere colocar o algarismo, o nome por extenso e a quantidade. 

10. Calendário: exploração de dias, semanas, meses, anos, ontem, hoje, clima/tempo, datas importantes, “quantos dias faltam para…”.

11. Balança: ideal para explorar as ideias de massa. 

12. Trena, régua, fita métrica: perfeito para trabalhar com as medidas de comprimento. Assista esta live e pegue muitas ideias bacanas! 

13. Relógio: confeccione algum relógio com ponteiros móveis para que os alunos possam movimentar. 

14. Dados: mil e uma funções! Amamos os dados! 

15. Materiais de contagem: tampinhas, palitos, sementes… 

16. Livros de literatura: muitos livros possuem contextos bacanas para trabalhar com matemática! Os livros de recordes, A visão do pavão, Números primos, Inventando números, dentre outros livros podem ser adquiridos aqui com cupom de desconto (PEDAG202001CP). 

17. Máquina de somar: confeccionamos a nossa e amamos! 

18. Números móveis: podemos jogar com batalha dos números, maior/menor, cálculos mentais… 

19. Janelinha: conhece a janelinha de leitura? Pois você pode adaptá-la, utilizando para trabalhar com ditados de números e correção de cálculos! 

20. Reta numérica: ideal para trabalhar com adição e subtração. 

21. Caixinha de charadas/quantidades: trata-se de caixinhas de fósforo com charadinhas matemáticas dentro. Você pode adaptar as charadas conforme o conteúdo que seus alunos estiverem trabalhando. 

22. Encartes de supermercado: fazer atividades com compra e venda com números reais? Nada melhor do que encartes de mercado! 

23. Dinheiro: os dinheirinhos podem ser comprados em bazares e até vem em livros didáticos! As crianças adoram manipular e brincar de compra e venda com as notas e moedas fictícias! Assista uma super live sobre sistema monetário clicando aqui. 

24. Total: trata-se de um jogo muito bacana. Escolhemos um número, por exemplo, “total 8” e as crianças precisam encontrar o máximo de cálculos que chegam neste resultado. 

25. Problemoteca: você pode pensar em como será a sua. Nós idealizamos uma caixa de sapato cheias de problemas matemáticos que as crianças pegam para responder. 

 

Jogos: 

26. Uno: além da brincadeira original, estamos explorando as ideias de classificação, seriação e cálculos mentais. 

27. Memória: podemos fazer das mais diversas formas – número e quantidade, algarismo e número por extenso, cálculo e resultado… 

28. Dominó: assim como a memória, podemos abusar da criatividade! 

29. Varetas: ótimo jogo para trabalhar com o conceito de abstração. 

30. Boliche: muito bacana para trabalhar com a pontuação, cálculos mentais, sequência numérica… 

Gostou do conteúdo? Então, curte e compartilha!   

Assista a esta live completa clicando aqui! E se você deseja saber ainda mais sobre como ensinar matemática saindo de um fazer docente pautado em “decoreba”, te convido a fazer parte do MAP, o Matemática na Prática! Clique aqui para saber mais!

Siga @clarissapereirapedagoga nas redes sociais. Lá nós damos dicas todos os dias para deixar a sua prática de sala de aula mais leve e doce.   

Abraço,   

Professora Camila

6 Comentários

  1. Avatar

    Boa noite!
    Não estou conseguindo baixar a Tabela de Pitágoras…
    Vcs podem me ajudar, por favor?
    Obrigada, Fernanda de Brasília

    Responder
  2. Avatar

    Ótimas ideias, às vezes, na correria do dia a dia, para dar conta do currículo, acabamos esquecendo que, a ludicidade, é uma ferramenta de sistematização, muito importante.

    Responder
  3. Avatar

    Boa noite, to igual crianças, lendo tudo sobre prof, encontrei vcs, foi maravilhoso, gratidão.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *