17 atividades para ensinar as letras

Tempo de leitura: 5 minutos

Como ensinar as letras? Muitas pessoas nos perguntam estratégias práticas para ensinar as menores unidades da língua. Então, hoje, viemos com 17 dicas para você! Essas sugestões estão presentes nesta live que você pode assistir na íntegra!

  1. Dado com vogais: você pode ter um dado de bolsos, como o que a professora Camila ensinou aqui, e colocar diferentes vogais (ou qualquer outra letra) nestes bolsos. Uma das brincadeiras é atirar o dado e, na letra que cair, a criança deve dizer uma palavra.
  2. Letras móveis: as letras móveis têm mil e uma funcionalidades. Pode ser comprado pronto, de EVA ou madeira, ou confeccionado com papel e tampinhas de pet (como na foto abaixo, da nossa aluna Miraci Carvalho Cida). Podemos escrever os nomes dos colegas, mostrar imagens para nomear, fazer um ditado silencioso, pedir que formem sílabas… Use o seu protagonismo!

3. Dado + letras móveis: esta ideia é para usar os dois primeiros recursos juntos. Sorteamos uma consoante (por exemplo, “C”) nas letras móveis e atiramos o dado para a vogal (por exemplo, “A”). Juntamos ambas e pedimos que as crianças digam palavras que tenham aquele som. Importante: não precisa ser somente na sílaba inicial (“CAsa”, “maCAco”, “minhoCA”).

4. Janelinha/Preguicinha: este é famoso! Nada mais é do que um envelope com uma palavra dentro. Conforme vamos puxando a palavra, fazemos intervenções bem específicas, que podem ir desde a forma até o fonema.

5. Abecedário: trata-se de um livrinho (fiz com meus alunos do EJA, você pode baixar aqui), onde exploramos as letras e completamos com palavras que sejam do contexto da turma.

6. Roleta do alfabeto: bem simples! É uma roleta com todas as letras do alfabeto. Podemos criar jogos bem bacanas com este recurso, mas um jogo simples e rápido seria deixar que o aluno rode a roleta e diga uma palavra que começa com a letra sorteada. A roleta da nossa aluna Thainan Machado (na foto) tinha algumas letras. Você pode selecionar intencionalmente ou usar o alfabeto inteiro!

7. Descubra a palavra:  é uma espécie de enigma. Colocamos as figuras e as crianças tem que descobrir a palavra usando somente a letra inicial desta imagem. Você pode baixar uma amostra desta atividade aqui!

8. Trabalho com teclados: este teclado foi confeccionado pela querida Patrícia (pat.rocha_psicopedagogia). Podemos trabalhar com a ideia de letra maiúscula (bastão) e letra minúscula (script). Além disso, podemos também explorar a sequência do alfabeto no teclado. Por que será é diferente da sequência do ABC que conhecemos?

9. Jogo das sílabas complexas: este jogo também foi elaborado pela Pati. Temos uma mini roleta no tabuleiro com as sílabas complexas e as crianças completam as palavras.

10. Letras em MDF: este material também foi disponibilizado pela nossa aluna Dani (@pedagogiacomamordani). Trata-se de pedaços de MDF que formam letras quando unidos. As crianças podem brincar com os diferentes pedaços, formando novas letras, percebendo suas variações, semelhanças e diferenças quanto à grafia.

11. Assim se escreve: este recurso é muito potente para trabalhar com consciência fonêmica. Damos às crianças cartinhas com uma imagem e três palavras escritas. O aluno precisa identificar qual é a escrita correta (por exemplo: vaca, faca e vala). Esta é uma das atividades que ensinamos no nosso curso CAP. Clique aqui para saber mais.

12. Trilha do alfabeto: nossa aluna CAP, Salete Timbo, criou uma linda trilha com dado. Os alunos caminham sobre a trilha até a casinha sorteada no dado e dizem uma palavra que começa com a letra na qual pararam.

13. Troca letras: esta foi uma intervenção que eu realizei durante a minha aula de EJA. Vamos escrevendo palavras junto com os alunos (aqui, no caso, começamos com gata). Aos poucos, vamos trocando letras (“o que acontece se eu trocar esse “G” por “R”? E se eu colocar um “O” no lugar desse “A”?). Assim, vamos formando novas palavras e ampliando o repertório a partir de uma outra já estável.

14. Qual é o segredo?: essa ideia também foi elaborada por uma de nossas alunas, a Carol Feijó. Está fazendo o maior sucesso nas aulas remotas. Basta enviar uma foto com vários objetos que começam com a mesma letra e os alunos precisam descobrir qual é!

15. Alfabeto de bolsos: este é um recurso fundamental para as salas de aula de 1º ano. O alfabeto de bolso pode ser feito de vários materiais, mas a regra é que ele deve ter um bolso plástico para cada letra. Assim, os alunos podem manipular e colocar objetos dentro dos bolsos (no caso do alfabeto da foto, nossa aluna Kelly optou por colocar rótulos!).

16. Livros: muitos livros focam no ensino das letras. Trouxemos aqui, algumas sugestões dos nossos parceiros (Editora Edelbra e @cadu_dos_livros).

    1. Abedecário dos Bichos
    2. ABC Procura-se
    3. O livro de uma letra só
    4. Um pomar de A a Z
    5. Alfabeto do Pino
  1.  17. Escreva 3: este jogo também foi elaborado pela nossa aluna Dani. Trata-se de cartinhas com desafios (escreva 3 cores, escreva 3 nomes de amigos, escreva 3 frutas…). Para deixar ainda mais desafiador, podemos utilizar o dado ou sortear as letras móveis. Assim, a criança teria que escrever tudo com a mesma letra inicial!

Gostou do conteúdo? 

Siga @clarissapereirapedagoga nas redes sociais. Lá, nós postamos conteúdos diários para deixar sua prática mais leve e doce.     

Abraço,
Professora Clarissa Pereira e Camila Oliveira      

(Texto redigido por Camila Oliveira e revisado por Clarissa Pereira) .

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *